fbpx
Contratação de Pessoas com Deficiência: Entenda as Obrigações das Empresas

Contratação de Pessoas com Deficiência: Entenda as Obrigações das Empresas

Contratação de Pessoas com Deficiência: Quais São as Obrigações das Empresas?

A contratação de pessoas com deficiência é uma obrigação legal para empresas com 100 ou mais funcionários, estabelecida pela Lei de Cotas. Além de cumprir a legislação, essa prática traz inúmeros benefícios para as empresas, como a diversidade na equipe e a valorização da inclusão. Neste artigo, abordaremos as principais obrigações das empresas na contratação de pessoas com deficiência, os benefícios dessa iniciativa e as adaptações necessárias para garantir um ambiente de trabalho acessível.

Lei de Cotas para Pessoas com Deficiência

De acordo com a Lei de Cotas, empresas com 100 ou mais funcionários são obrigadas a preencher de 2% a 5% de seus cargos com pessoas com deficiência. Essa porcentagem varia conforme o tamanho da empresa:

  • Empresas com 100 a 200 funcionários: 2% de cotas
  • Empresas com 201 a 500 funcionários: 3% de cotas
  • Empresas com 501 a 1.000 funcionários: 4% de cotas
  • Empresas com mais de 1.000 funcionários: 5% de cotas

O não cumprimento das cotas pode resultar em multas e sanções para as empresas. É importante destacar que a contratação deve ocorrer de acordo com a capacidade do candidato em exercer as funções do cargo.

Processo de Admissão e Adaptações

Ao contratar pessoas com deficiência, as empresas devem seguir algumas diretrizes:

  1. Realizar o processo de admissão de forma inclusiva, respeitando as necessidades específicas do candidato.
  2. Promover acessibilidade no ambiente de trabalho, como rampas, banheiros adaptados e recursos de tecnologia assistiva.
  3. Oferecer treinamento e capacitação adequados para o desenvolvimento profissional do funcionário com deficiência.

A contratação de pessoas com deficiência não é apenas uma obrigação legal, mas também uma oportunidade para as empresas se tornarem mais diversas e inclusivas, beneficiando-se da expertise e talentos únicos desses profissionais.

Benefícios da Contratação de Pessoas com Deficiência

A contratação de pessoas com deficiência é uma obrigação legal para empresas de médio e grande porte no Brasil. A Lei nº 8.213/1991 estabelece cotas a serem preenchidas por essas empresas, com base no número total de funcionários:

  • Empresas com 100 a 200 funcionários devem ter de 2% a 5% de vagas preenchidas por pessoas com deficiência;
  • Empresas com 201 a 500 funcionários devem ter de 3% a 7% de vagas preenchidas;
  • Empresas com 501 a 1.000 funcionários devem ter de 4% a 8% de vagas preenchidas;
  • Empresas com mais de 1.000 funcionários devem ter de 5% a 20% de vagas preenchidas.

O não cumprimento dessas cotas pode resultar em multas e outras sanções aplicadas pelo Ministério do Trabalho. É importante ressaltar que a contratação deve ocorrer de acordo com as habilidades da pessoa com deficiência, respeitando suas limitações e promovendo a inclusão.

Processo Seletivo Inclusivo

Para cumprir com as obrigações legais, as empresas devem adotar processos seletivos inclusivos, adaptando os métodos de avaliação e as instalações para atender às necessidades das pessoas com deficiência. Além disso, é essencial oferecer treinamento e sensibilização para os funcionários, promovendo um ambiente de trabalho acolhedor e inclusivo.

Adaptações e Acessibilidade no Ambiente de Trabalho

As empresas com 100 ou mais empregados estão obrigadas por lei a preencher de 2% a 5% dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas com deficiência, habilitadas. A cota é definida de acordo com o número total de funcionários, sendo:

  • Empresas com 100 a 200 empregados: 2% de cotas
  • Empresas com 201 a 500 empregados: 3% de cotas
  • Empresas com 501 a 1.000 empregados: 4% de cotas
  • Empresas com mais de 1.000 empregados: 5% de cotas

O descumprimento desta lei pode acarretar em multas que variam de R$ 2.194,57 a R$ 219.457,60, dependendo do porte da empresa e do número de funcionários contratados. Além disso, empresas com menos de 100 empregados podem aderir voluntariamente ao sistema de cotas.

Tipos de Deficiência Contemplados

A lei de cotas é válida para pessoas com deficiência física, auditiva, visual, intelectual e múltipla. Cabe ao empregador realizar as adaptações necessárias no ambiente de trabalho, como:

  • Rampas de acesso e banheiros adaptados para cadeirantes
  • Softwares especiais para deficientes visuais
  • Intérpretes de libras para deficientes auditivos