1º de Maio em Goiânia terá manifestação de rua, passeata e Shows
30/04/2019 21:20 em Cidadania

1º de Maio Unificado Contra a Reforma da Previdência e Pelo Direito ao Emprego, Rumo à Greve Geral!

 

A realização do 1º de Maio Unificado é o momento de rememorar as lutas dos trabalhadores/as, mas também de construção de pautas e de lutas de uma Frente Ampla de resistência aos ataques dirigidos contra a classe trabalhadora.

 

As centrais e entidades sindicais, as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo e os movimentos populares, estudantis, identitários e partidos políticos organizados no Fórum Goiano, comemorarão do 1º de Maio Unificado em Goiânia e nas principais cidades de Goiás.

 

Programação

 

1° de Maio | Praça Cívica


14h - concentração em frente o Coreto


17h - Praça Universitária, ato político e atividades culturais com shows e outras atrações na Praça Universitária

 



Shows e Apresentações

 

 

Nesse 1º de Maio que reúne todas as centrais sindicais sob a mesma bandeira – contra a Reforma da Previdência e pela geração de empregos - a resistência dos trabalhadores e trabalhadoras de todo o Brasil contra o fim dos seus direitos mais básicos prepara-os para a mobilização rumo à Greve Geral!

 

História e Consciência

  

As reformas aprovadas no governo Temer: a Emenda Constitucional 95/2016, apelidada de PEC da morte; a terceirização indiscriminada no serviço público que abriu espaço para substituição de servidores concursados por apadrinhados políticos e empresas para montar caixa dois; e a reforma trabalhista, que prometeu criar 6 milhões de empregos e só retirou direitos dos(as) trabalhadores, criando um exercito de mais de 13 milhões de desempregados e 27 milhões de trabalhadores informais.

 

A partir da posse de Bolsonaro e governadores alinhados como Ronaldo Caiado, esse quadro de ataques se aprofundaram. A ampliação do desemprego, a reforma da previdência e o cerco econômico e jurídico às entidades sindicais e a constante ameaça de golpe militar como intimidação à resistência contra a agenda neoliberal extremada, compõe o “novo normal” da sociedade brasileira.

 

A realização do 1º de Maio Unificado é o momento de rememorar as lutas dos trabalhadores/as, mas também de construção de pautas e de lutas de uma Frente Ampla de resistência aos ataques dirigidos contra a classe trabalhadora.

Fonte: Cut Goiás

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!