Ecetistas em Goiás rejeitam proposta da ECT de 0,8% de reposição
01/08/2019 12:14 em Sindical

Os trabalhadores dos Correios em Goiás rejeitaram a proposta da Empresa e decidiram manter o estado de greve.

 

A decisão se baseia nas assembleias realizadas nesta quarta-feira (31), em Goiânia e em varias cidades do interior.No último dia 30, a ECT propôs 0,8% de reajuste econômico, valor bem abaixo da inflação verificada no período (3,80%).

 

Além disso, manteve a alteração e exclusão do ticket de férias; exclusão do vale peru; exclusão do vale cultura; fim dos 70% de férias e implantação do terço constitucional (CLT); e exclusão da responsabilidade em acidente de trânsito.

 

Os ecetistas em Goiás decidiram também:
 Prorrogação das negociações no TST;
 Realização de nova assembleia dia 07/08/2019;
 Ampliação da mobilização, mantendo o trabalho de agitação na base;
 Repúdio à enrolação e ataques por parte da Empresa.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!