Caminhoneiros paralisam Porto de Santos e declaram apoio à greve dos petroleiros
17/02/2020 09:29 em Movimentos Sociais

 

 

A Associação Nacional dos Transportadores Autônomos do Brasil (ANTB) declarou, em carta enviada ao presidente Bolsonaro e aos 27 governadores neste sábado (15), apoio total à greve nacional dos petroleiros.

 

A Categoria lançou ainda a campanha “Fim do PPI, Já!” contra a política de preços dos combustíveis, imposta pelo Governo e direção da empresa à Petrobras, que obriga o alinhamento de seus preços com o mercado internacional.

 

Para o presidente da Associação, José Roberto Stringasci, “este assunto precisa ser discutido com toda a sociedade, que é afetada em todos os setores por causa dos altos preços dos combustíveis. E se nós temos o petróleo e a Petrobrás, não é possível mais aceitarmos essa cobrança inadequada na bomba”. 

 

:: Confira a íntegra da carta da ANTB em apoio à greve dos petroleiros ::

 

Após a declaração, caminhoneiros autônomos da Baixada Santista, em São Paulo, anunciaram paralisação para a hoje, segunda-feira (17).

 

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários Autônomos (Sindicam), Alex Viviani, afirmou em vídeo que a greve terá início, no Porto de Santos, a partir de 0h da segunda-feira.

 

Na pauta da paralisação estão o piso mínimo de frete, o preço dos combustíveis e a perda de trabalho no Porto.

 

Paralisou

 

"Ai pessoal, 17/2, perto das 4h, e estamos aqui. Porto de Santos totalmente fechado. Gostaria que você mostrasse aí, ninguém tá vindo, graças a Deus. Os caminhoneiros estão aderindo", diz presidente do Sindiscam em vídeo divulgado em grupos de Whatsapp.

 

Veja o vídeo:

 

 

Fonte: Revista Forúm e Brasil de Fato

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!